Discurso durante a 172ª Sessão Deliberativa Ordinária, no Senado Federal

Comemoração do Dia do Marinheiro.

Autor
Romero Jucá (PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira/RR)
Nome completo: Romero Jucá Filho
Casa
Senado Federal
Tipo
Discurso
Resumo por assunto
HOMENAGEM. FORÇAS ARMADAS.:
  • Comemoração do Dia do Marinheiro.
Publicação
Publicação no DSF de 12/12/2001 - Página 30647
Assunto
Outros > HOMENAGEM. FORÇAS ARMADAS.
Indexação
  • HOMENAGEM, DIA NACIONAL, MARINHEIRO.
  • ELOGIO, IMPORTANCIA, INVESTIMENTO, RECURSOS, REGIÃO AMAZONICA, DEPENDENCIA, ATIVIDADE, MARINHA.

  SENADO FEDERAL SF -

SECRETARIA-GERAL DA MESA

SUBSECRETARIA DE TAQUIGRAFIA 


            O SR. ROMERO JUCÁ (Bloco/PSDB - RR. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sr. Almirante Sérgio Chagas Teles, Srs. Oficiais, Srªs e Srs. Senadores, serei breve, Sr. Presidente, porque V. Exª chamou a atenção para a votação do Ordem do Dia. Eu não poderia deixar, pela Liderança do Governo, em meu nome pessoal e em nome do Senador Artur da Távola, de registrar a importância deste dia e desta solenidade.

            A Marinha é tudo aquilo que se disse aqui e muito mais. Não quero falar do passado, nem mesmo do presente. Quero apenas fazer um registro sobre o futuro. Nós, no Congresso Nacional, com a nossa representação política, precisamos ter consciência de que é importante, como nunca, investir, alocar recursos e definir prioridades para que as Forças Armadas, especialmente a Marinha, tenham os meios necessários para se desincumbir do seu papel.

            Sou um Senador da Amazônia, e já foi dito aqui pelo Senador Tião Viana o quanto a Amazônia e a sua população dependem da ação da Marinha. Tenho, como Senador, defendido o reequipamento e o investimento em um programa forte para as Forças Armadas.

            Há alguns dias, aqui desta tribuna, defendi um programa de investimento de R$10 bilhões a ser feito nas Forças Armadas até o ano de 2007. E acredito que esse encaminhamento não deve ser nem do Governo, nem de qualquer Partido desta Casa, mas deve ser um encaminhamento de todas as forças políticas que têm representação no Congresso e que querem um País autônomo, uma Amazônia soberana e as Forças Armadas cumprindo o seu papel.

            Sr. Presidente, encerro minhas palavras de imensa alegria, congratulando-me com a data de hoje, nesta homenagem feita pelo Senado à Marinha brasileira. Como Senador e como amazônida, estarei sempre ao lado da Marinha, porque ela apóia muito a nossa terra e tem prestado grandes serviços ao nosso País.

            Muito obrigado. (Palmas.)


            Modelo17/22/245:50



Este texto não substitui o publicado no DSF de 12/12/2001 - Página 30647