Discurso durante a 206ª Sessão Deliberativa Ordinária, no Senado Federal

Emoção pela vitória do Senador Barack Obama para o cargo de Presidente dos EUA.

Autor
Magno Malta (PR - Partido Liberal/ES)
Nome completo: Magno Pereira Malta
Casa
Senado Federal
Tipo
Discurso
Resumo por assunto
POLITICA INTERNACIONAL.:
  • Emoção pela vitória do Senador Barack Obama para o cargo de Presidente dos EUA.
Publicação
Publicação no DSF de 06/11/2008 - Página 44315
Assunto
Outros > POLITICA INTERNACIONAL.
Indexação
  • CONGRATULAÇÕES, VITORIA, CANDIDATO ELEITO, PRESIDENTE DE REPUBLICA ESTRANGEIRA, PAIS ESTRANGEIRO, ESTADOS UNIDOS DA AMERICA (EUA), IMPORTANCIA, DISCURSO, DEMONSTRAÇÃO, IDEOLOGIA, DEFESA, DEMOCRACIA.
  • REGISTRO, VISITA, ORADOR, EMBAIXADA ESTRANGEIRA, PAIS ESTRANGEIRO, ESTADOS UNIDOS DA AMERICA (EUA), RESPOSTA, CONVITE, EMBAIXADOR, PARTICIPAÇÃO, SOLENIDADE, SIMULAÇÃO, VOTAÇÃO, PRESIDENTE DE REPUBLICA ESTRANGEIRA, COMPARAÇÃO, COMEMORAÇÃO, VITORIA, ELEIÇÕES, LUIZ INACIO LULA DA SILVA, PRESIDENTE DA REPUBLICA, EXPECTATIVA, EFICACIA, GESTÃO.
  • COMENTARIO, SIMILARIDADE, NOME, CANDIDATO ELEITO, PRESIDENTE DE REPUBLICA ESTRANGEIRA, PAIS ESTRANGEIRO, ESTADOS UNIDOS DA AMERICA (EUA), CANDIDATO, VICE-PREFEITO, NEGRO, PASTOR, MUNICIPIO, CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM (ES), ESTADO DO ESPIRITO SANTO (ES), AUXILIO, VITORIA, ELEIÇÃO MUNICIPAL.

  SENADO FEDERAL SF -

SECRETARIA-GERAL DA MESA

SUBSECRETARIA DE TAQUIGRAFIA 


O SR. MAGNO MALTA (Bloco/PR - ES. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Obrigado. Sr. Presidente, eu quero fazer um registro..

         O SR. PRESIDENTE (Augusto Botelho. Bloco/PT - RR) - Um minutinho, Senador.

         Eu gostaria de lembrar aos Srs. Senadores que, às 20 horas, teremos uma sessão do Congresso Nacional. Então, nós temos de encerrar esta sessão daqui a sete minutos.

         O SR. MAGNO MALTA (Bloco/PR - ES) - Certo. Faltam oito minutos. O senhor me deu cinco; com três, o senhor encerra.

         Quero registrar que recebo, com muita felicidade, a vitória do Presidente Barack Obama, com muita alegria. A alegria que contagia o meu peito tem relação com a origem dele e com a minha origem. A minha alegria é por ser ele um homem negro, e essa é a minha origem, e de capacidade, preparado.

         O discurso que ele fez na madrugada mostrou o homem que ele é, mostrou os seus sonhos, os seus ideais, a sua firmeza, a sua segurança, a sua crença na democracia.

         O discurso dele, como me disse o Senador Mão Santa, foi uma coisa linda, foi uma pérola, uma peça de um sujeito emocionado, mas equilibrado, mostrando a sua família, esposa e filhas, que é a base de todas as coisas, um homem que tem na sua esposa o alicerce. Essas coisas todas chamaram a atenção do mundo e a minha atenção.

Tive o privilégio de ser convidado pela Embaixada americana para acompanhar a votação lá, com eles, e, numa votação simbólica, votar no McCain ou no Barack Obama. Tive o privilégio de votar no Obama e de fazer uma foto ao lado de, não sei como é o nome daquele negócio, uma imagem dele em pé, feita de papelão, bem bonita. Eu pude tirar uma foto ao lado dele. Foi um dia contagiante. Eu assisti, emocionado. E as televisões mostraram cidadãos do mundo inteiro que vibravam com a eleição dele. Parecia até o dia da eleição do Presidente Lula, quando os Estados eram mostrados, a euforia dos pobres deste País, na esperança de serem incluídos, de que haveria inclusão social, de que haveria equilíbrio na economia brasileira, o que ocorreu com o Presidente Lula. Nós não esperamos algo diferente do Barack Obama.

Eu tinha muita esperança no Barack Obama.

O candidato a Vice-Prefeito da cidade de Cachoeiro de Itapemirim, um negro pastor, é chamado de Braz. No processo eleitoral, ele foi chamado de “Barack Obraz”. O fato de se ter colado o “Barack Obraz” no pastor Braz ajudou muito a eleição do nosso Prefeito Casteglione, Prefeito, agora, da capital secreta do mundo, a cidade de Roberto Carlos, Cachoeiro de Itapemirim.

Por isso, saúdo-o com muita felicidade, cheio de esperança, e com paciência também. A gente precisa ter esperança e ter paciência, porque ninguém muda o mundo em seis meses, em cem dias, em um ano. Há muito trabalho pela frente.

Para o Barack Obama, eu quero desejar toda a sorte do mundo, Sr. Presidente.


Modelo1 5/20/247:29



Este texto não substitui o publicado no DSF de 06/11/2008 - Página 44315