Discurso durante a 103ª Sessão Deliberativa Ordinária, no Senado Federal

Registro de manifestações realizadas em Rondônia, em defesa do Governador Ivo Cassol.

Autor
Expedito Júnior (PR - Partido Liberal/RO)
Nome completo: Expedito Gonçalves Ferreira Júnior
Casa
Senado Federal
Tipo
Discurso
Resumo por assunto
SENADO. ESTADO DE RONDONIA (RO), GOVERNO ESTADUAL. DESENVOLVIMENTO REGIONAL.:
  • Registro de manifestações realizadas em Rondônia, em defesa do Governador Ivo Cassol.
Publicação
Publicação no DSF de 24/06/2009 - Página 26242
Assunto
Outros > SENADO. ESTADO DE RONDONIA (RO), GOVERNO ESTADUAL. DESENVOLVIMENTO REGIONAL.
Indexação
  • SAUDAÇÃO, PROVIDENCIA, MESA DIRETORA, BUSCA, APURAÇÃO, IRREGULARIDADE, ADMINISTRAÇÃO, SENADO, RECUPERAÇÃO, REPUTAÇÃO, LEGISLATIVO.
  • REGISTRO, MANIFESTAÇÃO COLETIVA, REPRESENTANTE, ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, SOLIDARIEDADE, ATUAÇÃO, GOVERNADOR, ESTADO DE RONDONIA (RO), ELOGIO, ORADOR, INICIATIVA, GOVERNO ESTADUAL, RECUPERAÇÃO, ASFALTAMENTO, REDE RODOVIARIA, EXTENSÃO, PROGRAMA, BENEFICIO, PEQUENO PRODUTOR RURAL, LANÇAMENTO, PERIODO, GESTÃO, PREFEITO, MUNICIPIO, ROLIM DE MOURA (RO), GARANTIA, DIREITOS, FUNCIONARIO PUBLICO, EMPENHO, CONSTRUÇÃO, HOSPITAL, INTERIOR, REGIÃO, MELHORIA, ACESSO, POPULAÇÃO, DESCENTRALIZAÇÃO, ASSISTENCIA MEDICA, CAPITAL DE ESTADO, REALIZAÇÃO, CONVENIO, INVESTIMENTO, OBRA PUBLICA, PROGRAMA DE INCENTIVO, ACELERAÇÃO, CRESCIMENTO ECONOMICO.
  • IMPORTANCIA, RECONHECIMENTO, OPOSIÇÃO, QUALIDADE, TRABALHO, EMPENHO, GOVERNADOR, ESTADO DE RONDONIA (RO), GARANTIA, DESENVOLVIMENTO REGIONAL.

  SENADO FEDERAL SF -

SECRETARIA-GERAL DA MESA

SUBSECRETARIA DE TAQUIGRAFIA 


O SR. EXPEDITO JÚNIOR (Bloco/PR - RO. Pela Liderança. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, realmente eu estava inscrito. Sr. Presidente, Senador Mão Santa, eu acho que eu era o segundo orador inscrito hoje pela Liderança, mas, como praticamente o assunto que tomou conta da Casa foi a questão dos atos secretos, dos atos sigilosos, eu preferi abrir mão da minha fala para que pudesse dar tempo, inclusive, dessa decisão da Mesa, inclusive da fala do Presidente Sarney.

Eu dizia há pouco ao Senador José Nery que eu discordava de alguns pontos de vista de S. Exª, mas que não iria polemizar com ele, porque eu também acho que não é o caso de afastamento do Presidente Sarney da Mesa. Eu acho até, pelo contrário, que essas questões a Mesa está herdando, e eu acho, sim, que a Mesa tem que dar soluções e acredito que é o que está sendo feito agora. Eu acho que o que é necessário é dar soluções aos problemas nesta Casa.

É verdade que nós estamos atravessando por uma dificuldade muito grande, e eu faria até uma crítica construtiva, que nós estamos tendo problemas aqui dentro até de parlamentares com os próprios parlamentares, de Senadores com os próprios Senadores. Senadores que apareceram em listas, Senadores que não apareceram em listas. Enfim, acho que a decisão de hoje da Mesa, a decisão do Presidente Sarney era uma decisão que praticamente toda esta Casa esperava de um grande estadista como é o Presidente Sarney.

Senador Mão Santa, diferentemente daqueles que usaram a tribuna hoje para falar da tal lista, meu nome não está envolvido nessa lista, mas eu gostaria de tratar de um outro assunto. Por isso mesmo, esperei para que pudesse ser debatida essa questão dos atos secretos.

Eu venho tratar, mais uma vez, Sr. Presidente, das questões paroquiais do meu Estado, o Estado de Rondônia. Eu não permito, Sr. Presidente... E assumi o compromisso com a população de Rondônia de que, todas as vezes que fossem levantados aqui falsos testemunhos contra aquele que está governando, e muito bem, o Estado de Rondônia, que é o Governador Ivo Cassol, eu estaria na tribuna levantando a minha voz em defesa do Governador do Estado de Rondônia.

Hoje, diferentemente daquilo que foi anunciado aqui, Sr. Presidente, em torno de trezentas mil pessoas fizeram manifestações no Estado de Rondônia. E essas manifestações não foram feitas pelo Governador Ivo Cassol, essas manifestações não foram conduzidas pelos braços do Governador Ivo Cassol. Essas manifestações foram feitas, foram conduzidas, primeiro, pela Federação das Indústrias o Estado de Rondônia. Foi feita também pelo próprio Sindicato da Indústria da Construção Civil do nosso Estado, por associações comerciais, que decidiram, em ato de repúdio, Sr. Presidente, fechar as portas dos seus comércios.

Temos 52 municípios no Estado de Rondônia. Em 52 municípios, tivemos manifestação em defesa do Governador Ivo Cassol. Mais de trezentas mil pessoas - estimativa da Polícia Federal, Senador Mão Santa - manifestaram-se hoje em defesa do Governador Ivo Cassol. Em defesa do quê? Em defesa da modernidade, em defesa das transformações que o Governador Ivo Cassol vai fazendo por Rondônia.

Sei que muita gente não gosta do Governador Ivo Cassol, mas não creditar a ele a sua liderança política no Estado de Rondônia, não creditar a ele as transformações que ele vai fazendo pelo nosso Estado, Sr. Presidente, é uma injustiça muito grande que fazem com o Governador Ivo Cassol.

Hoje, só para o senhor ter uma noção, do cone sul de Rondônia, que compreende os Municípios de Vilhena, Cerejeiras, Colorado, Pimenteiras, Cabixi, Corumbiara e Chupinguaia, só o Município de Pimenteiras, Senador Mão Santa, ainda não tem a pavimentação asfáltica ligando o Município à BR-364. Todos os demais Municípios do cone sul estão ligados ao asfalto, à BR-364! É asfalto que o Governador Ivo Cassol vem fazendo, e de primeira qualidade.

Só para se ter uma noção, Sr. Presidente, quanto ao asfaltamento da BR-364 até o Município de Cerejeiras, o Governador está recuperando esse asfalto, porque já herdou essa obra de uma das administrações passadas que não temos muito que comemorar. E o Governador Ivo Cassol está fazendo asfalto não vou dizer de primeiro mundo, mas asfalto usinado, asfalto quente. Ele está entregando obra de primeira qualidade à população do Estado de Rondônia.

Da mesma maneira, o Governador está fazendo a ligação asfáltica do Município de Pimenta Bueno ao Município de Alta Floresta, do Município de Nova Brasilândia ao Município de São Miguel do Guaporé. São quase todos os municípios do Estado de Rondônia.

Vamos para a região central do Estado. Vamos falar da pavimentação asfáltica que o Governador está levando até o Município de Cujubim, até o Município de Machadinho, terra do Presidente da Assembléia Legislativa, do nosso Deputado Neudir, até o Município de Buritis, o Município de Monte Negro, o Município de Rio Crespo. Todos esses municípios estão sendo ligados à pavimentação asfáltica.

Eu quero ver que Governador passou pelo nosso Estado, que Governador que passou por Rondônia teria condições de dizer “eu vou ligar todos os municípios de minha responsabilidade à BR-364, com pavimentação asfáltica”.

Então, Sr. Presidente, temos de reconhecer aqui as transformações que o Governador Ivo Cassol está fazendo pelo nosso Estado, transformações que são vistas também, Sr. Presidente, na agricultura de Rondônia.

Quando o Governador Ivo Cassol era Prefeito do Município de Rolim de Moura, ele lançou um programa e um projeto arrojado, que era o de cinco horas gratuitas para os pequenos produtores.

Hoje, ele tem um programa não em uma cidade, mas nas 52 cidades do Estado de Rondônia, pelo qual os pequenos produtores recebem o benefício de graça, recebem o benefício por conta de um compromisso que o Governador Ivo Cassol fez com 52 Municípios do nosso Estado, independentemente da cor partidária. O Governador Ivo Cassol não quer saber se o Prefeito é do PT, do PMDB, do PSDB, do Democratas. O Governador Ivo Cassol está fazendo convênio com 52 Prefeitos do nosso Estado, com 52 Municípios do Estado de Rondônia.

É com transporte escolar que o Governador está gastando em torno de R$29 milhões só este ano, sem contar o programa que o Governador Cassol - eu já disse aqui, desta tribuna, que as coisas boas nós temos de copiar - copiou do Governador Blairo Maggi. É um fundo criado para desenvolver as Prefeituras Municipais. Ele foi ao Mato Grosso e viu esse programa, que deu certo com o Governador Blairo Maggi, e hoje repassa recursos para todas as Prefeituras do Estado de Rondônia. Esse é o nosso Estado.

Se nós pararmos para analisar um pouquinho, num passado bem recente, o que nós víamos era uma situação totalmente diferente. O que nós víamos era a folha de pagamento dos servidores públicos atrasada de três a quatro meses, chegou até a seis meses de atraso. Nós nunca mais tivemos isso na administração do Governador Ivo Cassol. Desde o primeiro dia em que ele assumiu o Governo, ele tem cumprido religiosamente as obrigações com os servidores públicos, pagando dentro do mês trabalhado, religiosamente.

Então, nós temos que reconhecer aqui as transformações que o Governador Ivo Cassol vai fazendo. Eu não poderia deixar de falar da qualidade das nossas estradas, não as pavimentadas, mas as estradas recuperadas, Senador Mão Santa, em que ele vai, em praticamente todas elas, fazendo obras de arte e transformando, tirando as pontes de madeira e, definitivamente, preparando para a pavimentação asfáltica com obras de arte, com obras de concreto.

Então, nós temos que reconhecer o trabalho do Governador Ivo Cassol. Não é qualquer Governador que reúne, em uma manifestação de rua, trezentas mil pessoas de um total de 1,5 milhão ou 1,8 milhão de habitantes, que é a população de Rondônia, Senador Mão Santa. Em torno de trezentas mil pessoas foram para a rua demonstrar a solidariedade ao Governador Ivo Cassol. Não é qualquer Governador que consegue arregimentar um número de pessoas como conseguiu o Governador Ivo Cassol, no Estado de Rondônia. 

É por isso que eu não posso deixar de subir a esta tribuna para falar das qualidades do nosso Estado, falar do que está acontecendo, das transformações que acontecem em Rondônia. E quando eu falo do que está acontecendo no nosso Estado, eu vou falar aqui da educação, eu vou falar aqui da saúde, dos hospitais que o Governador está construindo no interior do Estado de Rondônia. Lá no Município de Cacoal, do nosso querido Deputado Nilton Capixaba, o Governador estará entregando, no final do ano, um dos hospitais modernos do nosso Estado. Vai tirar o inchaço da capital, onde em torno, hoje... Ou seja, hoje, o melhor hospital do interior do Estado são as ambulâncias, que estão levando os pacientes do interior do Estado para a capital. E o Governador está construindo a Unidade Mista no Município de Cacoal para poder proporcionar isso à população do interior do nosso Estado.

Então, eu não poderia deixar de subir a esta tribuna e de falar das qualidades do Governador Ivo Cassol. Eu sei que ele tem adversário. Agora, deixar de reconhecer o que o Governador está fazendo por Rondônia é burrice, Sr. Presidente, é ser cego, é não querer ver a realidade, as transformações que vêm acontecendo no nosso Estado. Pode até fazer oposição ao Governador Ivo Cassol, mas tem que reconhecer a sua grande liderança no nosso Estado, tem que reconhecer o bem que o Governador Ivo Cassol está fazendo por Rondônia!

E eu já disse aqui que, se nós olharmos para o passado, nós vamos, sim, ver o que é crise que vivemos no Estado de Rondônia, as dificuldades que nós passamos no nosso Estado, dificuldades financeiras, programas e mais programas que lançavam projetos no interior do Estado e também na nossa capital e não cumpriam; diferentemente do que faz o Governador Ivo Cassol. Se for à Secretaria de Finanças do Estado hoje, não se encontra sequer uma pessoa cobrando o Estado, porque estão todos agendados, trabalharam, fizeram a obra e estão recebendo. Isso não acontece mais no nosso Estado.

E aí eu sou obrigado também a reconhecer que ele não faz esse trabalho sozinho. Ele faz esse trabalho porque tem uma equipe boa, tem um Secretário da Fazenda, o Dr. Genaro, homem preparado, experiente, competente, assim como praticamente toda a sua equipe; o João Carlos, que é o Secretário de Planejamento. Enfim, eu não posso deixar de reconhecer aqui o grande trabalho e o grande favor que vai fazendo o Governador Ivo Cassol na sua administração.

Se nós olharmos o passado, veremos que nenhum Governador de Rondônia conseguiu a sua reeleição. O único Governador que foi reeleito, e reeleito pela maioria absoluta dos votos, não dando oportunidade para um segundo turno - a eleição foi definida e decidida no primeiro turno -, foi o Governador Ivo Cassol. Por quê? Porque a população reconhece o que o Governador vem fazendo. A população reconhece que o Estado está em boas mãos e a população sabe reconhecer esse trabalho do Governador Ivo Cassol. Não é à toa que hoje fizeram uma manifestação com mais ou menos 300 mil pessoas nas ruas, fechando seus comércios, fechando as entradas das cidades, fechando as BRs. Fecharam no Município de Vilhena, fecharam no Município de Ariquemes, fecharam no Município de Ouro Preto e fecharam também a BR no Município de Candeias.

Então, esse é o reconhecimento público que o Governador de Estado está tendo em Rondônia, pelo que vai fazendo pelo nosso Estado.

Senador Mão Santa, reconheço que há apoio do Governo Federal, principalmente agora com a questão do PAC. Na ida da Ministra Dilma, agora, ao Estado de Rondônia, na sexta-feira, realmente, foi feita uma festa muito grande, e a Ministra Dilma levou mais um convênio, prova de que o Governador é competente na sua administração. São recursos oriundos de outros Estados que não estão dando conta de fazer as obras do PAC. Estão fazendo mais convênios com o Governador Ivo Cassol, mais R$220 milhões, com o Estado de Rondônia.

Então, eu não posso deixar, Senador Mão Santa, que alguém suba à tribuna para fazer críticas infundadas ao meu Estado. Parece até que não conhece Rondônia! Parece até que não vive no meu Estado! Parece até que não anda em Rondônia! Porque, certamente, se estiver andando, é obrigado a reconhecer o que está acontecendo e as transformações que vão acontecendo em Rondônia.

Olha, eu sou contra o terceiro mandato, terminantemente contra. Não defendo o terceiro mandato, mas, se tivesse o terceiro mandato, Senador Mão Santa, o Governador Ivo Cassol certamente seria o Governador reeleito mais uma vez. Para aqueles que defendem o Governador Ivo Cassol ou para aqueles que não defendem o Governador Ivo Cassol, mas ele seria, mais uma vez, pela terceira vez consecutiva, o Governador de mais ou menos dois milhões de brasileiros que vivem em nosso Estado.

Mas podem ter certeza de uma coisa: podem deixar uma cadeira destas aqui para o Governador Ivo Cassol. Uma cadeira destas aqui, do Senado, vai ser dele. Ele vai ser eleito lá no Estado de Rondônia, por aclamação. Será eleito Senador com o maior número já depositado nas urnas. O Senador mais votado em Rondônia hoje sou eu, e, podem ter certeza, este bastão eu passarei com orgulho ao Governador Ivo Cassol, porque uma cadeira desta aqui é uma cadeira cativa de Rondônia, é uma cadeira cativa do Governador Ivo Cassol.

Muito obrigado, Senador.


Modelo1 3/1/248:30



Este texto não substitui o publicado no DSF de 24/06/2009 - Página 26242