Discurso durante a 74ª Sessão Não Deliberativa, no Senado Federal

Importância dos serviços prestados pelo Serviço Social do Comércio (SESC).

Autor
Romero Jucá (PMDB - Movimento Democrático Brasileiro/RR)
Nome completo: Romero Jucá Filho
Casa
Senado Federal
Tipo
Discurso
Resumo por assunto
POLITICA SOCIAL.:
  • Importância dos serviços prestados pelo Serviço Social do Comércio (SESC).
Publicação
Publicação no DSF de 17/05/2011 - Página 16620
Assunto
Outros > POLITICA SOCIAL.
Indexação
  • CONGRATULAÇÕES, SERVIÇO SOCIAL DO COMERCIO (SESC), AUTORIDADE, RELEVANCIA, INICIATIVA, REALIZAÇÃO, SEMINARIO, ASSUNTO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, IDOSO, ELOGIO, TRABALHO, SERVIÇO SOCIAL, TRABALHADOR, COMERCIO, SOCIEDADE.

  SENADO FEDERAL SF -

SECRETARIA-GERAL DA MESA

SUBSECRETARIA DE TAQUIGRAFIA 


            O SR. ROMERO JUCÁ (Bloco/PMDB - RR. Sem apanhamento taquigráfico.) - Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, presente em todas as unidades da federação, o SESC (Serviço Social do Comércio) vem há muitas décadas prestando relevantes serviços aos trabalhadores do comércio e também à sociedade brasileira. Suas principais atividades incluem educação, saúde, cultura, lazer e assistência, e em muitas localidades o SESC representa a única oportunidade de formação para jovens e adultos.

            Criado em 1946, na sequência da retomada democrática da primeira metade do século 20, o SESC é filho da inteligência e da vontade de protagonismo no desenvolvimento social do País por parte de alguns empresários dotados de extraordinária visão de futuro.

            Há alguns dias chegou-me às mãos um pequeno volume, na verdade uma revista, que torna pública mais uma das nobres iniciativas do Serviço Social do Comércio, desta feita por meio da Administração Regional de São Paulo.

            Em edição especial, a revista A Terceira Idade, que privilegia matérias e estudos acerca do envelhecimento, traz uma série esclarecedora de artigos elaborados pelos participantes do Seminário Encontro de Gerações, realizado em novembro passado pelo SESC, em sintonia com iniciativas da Organização das Nações Unidas sobre desenvolvimento social e envelhecimento.

            Alguns dos mais renomados e respeitados estudiosos da terceira idade, no Brasil e no mundo, emprestam sua cultura e talento em textos capazes de oferecer uma nova compreensão de um mundo que vê expandir-se rapidamente a população da terceira idade. Cito, de forma meramente exemplificativa, José Carlos Ferrigno, do Brasil; Sally Newman, dos Estados Unidos; Mariano Sánchez, da Espanha; e Liliana Giraldo, do México.

            No texto do Doutor Ferrigno, além de apreciada abordagem sobre as relações entre jovens e velhos, temos oportunidade de conhecer os programas intergeracionais desenvolvidos no Brasil.

            Descobrimos ademais que, embora ainda tímidos do ponto de vista quantitativo, os programas intergeracionais estão em expansão pelo País, com alta participação em regime de voluntariado. Esta é uma constatação que deve ser saudada e estimulada, pelo consistente aporte à qualidade de vida de milhões de brasileiros da terceira idade.

            Deixo, Sr. Presidente, o registro de mais esta importante ação do SESC São Paulo e os cumprimentos ao Doutor Danilo Santos de Miranda e sua qualificada equipe.

            Muito obrigado.


Modelo1 4/14/249:26



Este texto não substitui o publicado no DSF de 17/05/2011 - Página 16620