Discurso durante a 109ª Sessão Deliberativa Ordinária, no Senado Federal

Registro do lançamento, no último dia 28 de abril, pela Presidente Dilma Rousseff, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e cumprimentos ao Presidente da Confederação Nacional do Comércio - CNC pelo decisivo apoio que vem oferecendo ao referido programa.

Autor
Romero Jucá (PMDB - Movimento Democrático Brasileiro/RR)
Nome completo: Romero Jucá Filho
Casa
Senado Federal
Tipo
Discurso
Resumo por assunto
PROGRAMA DE GOVERNO, ENSINO PROFISSIONALIZANTE.:
  • Registro do lançamento, no último dia 28 de abril, pela Presidente Dilma Rousseff, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e cumprimentos ao Presidente da Confederação Nacional do Comércio - CNC pelo decisivo apoio que vem oferecendo ao referido programa.
Publicação
Publicação no DSF de 29/06/2011 - Página 25931
Assunto
Outros > PROGRAMA DE GOVERNO, ENSINO PROFISSIONALIZANTE.
Indexação
  • REGISTRO, LANÇAMENTO, DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DA REPUBLICA, PROGRAMA NACIONAL, ACESSO, CURSO TECNICO, EMPREGO, SOLICITAÇÃO, PLENARIO, SENADO, URGENCIA, APROVAÇÃO, PROJETO DE LEI, SAUDAÇÃO, PRESIDENTE, CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMERCIO (CNC), INICIATIVA PRIVADA, PARCERIA, PROGRAMA DE GOVERNO.

                          SENADO FEDERAL SF -

            SECRETARIA-GERAL DA MESA

            SUBSECRETARIA DE TAQUIGRAFIA 


            O SR. ROMERO JUCÁ (Bloco/PMDB - RR. Sem apanhamento taquigráfico.) - Sr. Presidente, Srªs Senadoras e Srs. Senadores, no último dia 28 de abril, em solenidade no Palácio do Planalto, a Presidenta Dilma Rousseff lançou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Naquela ocasião, encaminhou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei n.º 1.209, requerendo urgência constitucional em sua tramitação. A matéria se encontra na Câmara dos Deputados e, em breve, deverá chegar ao Senado.

            Como Líder do Governo nesta Casa, sinto-me no dever de alertar as Senhoras e os Senhores Senadores para a importância do referido Projeto e exortar para que o aprovemos tão logo possível.

            O Pronatec tem como objetivo interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionalizantes de nível médio e de cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores. A meta é oferecer acesso à educação para mais de oito milhões de brasileiros em quatro anos, com a criação de mais duzentas escolas de educação profissional e tecnológica até 2014. Dessas duzentas escolas, oitenta e uma já estão em construção e serão inauguradas antes do início do período letivo de 2012.

            Além disso, um dos focos do Programa é a ampliação, tanto da Escola Técnica Aberta (E-Tec), que hoje conta com trinta mil alunos, quanto do Fies (Programa de Financiamento Estudantil), estendendo-o também ao ensino técnico.

            Como bem frisou a Presidenta Dilma na solenidade de lançamento do Programa, “a qualificação profissional é o nosso desafio nesses quatro anos”.

            O Pronatec, Senhor Presidente, é o resultado de uma estreita parceria firmada com a iniciativa privada, por meio das escolas de ensino profissionalizante de instituições do chamado Sistema S - Sesi, Senac, Senai, Senat, Senar e Sescoop. Trata-se de uma cooperação sumamente importante, que demonstra o alto nível de compromisso do empresariado nacional com o desenvolvimento do nosso País.

            A Confederação Nacional do Comércio (CNC), por exemplo, já divulgou que vai ampliar a oferta de cursos profissionalizantes da rede Senac. Atualmente, são oferecidas cerca de um milhão de vagas em cursos técnicos profissionalizantes, 35% das quais gratuitamente. Em 2014 a gratuidade chegará a 66%!

            Assim, nesta oportunidade, quero cumprimentar especialmente o Dr. Antonio Oliveira Santos, Presidente da CNC, pelo decisivo apoio que vem oferecendo ao Pronatec. Cumprimento também todo o setor empresarial, que acredita neste País e no governo da Presidenta Dilma Rousseff.

            Tenho a certeza de que, juntos, governo, empresários e parlamentares, haveremos de construir o Brasil sonhado por todos os brasileiros.

            Aprovemos, portanto, o Projeto de Lei n.º 1.209/2011, tão logo quanto possível.

            Era o que tinha a dizer, Sr. Presidente.

            Muito obrigado.


Modelo1 7/20/249:44



Este texto não substitui o publicado no DSF de 29/06/2011 - Página 25931