Pela Liderança durante a 81ª Sessão Deliberativa Ordinária, no Senado Federal

Protesto contra o Governo Federal pela falta de prioridades na execução dos gastos públicos.

Autor
Mário Couto (PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira/PA)
Nome completo: Mário Couto Filho
Casa
Senado Federal
Tipo
Pela Liderança
Resumo por assunto
GOVERNO FEDERAL, ATUAÇÃO.:
  • Protesto contra o Governo Federal pela falta de prioridades na execução dos gastos públicos.
Publicação
Publicação no DSF de 28/05/2014 - Página 591
Assunto
Outros > GOVERNO FEDERAL, ATUAÇÃO.
Indexação
  • COMENTARIO, VISITA, MUNICIPIO, REDENÇÃO (PA), RIO MARIA (PA), PAU D'ARCO (PA), FLORESTA, ESTADO DO PARA (PA), ENFASE, PRECARIEDADE, RODOVIA, HOSPITAL, CRITICA, GESTÃO, GOVERNO FEDERAL, REFERENCIA, FALTA, PRIORIDADE, APLICAÇÃO DE RECURSOS, GASTOS PUBLICOS.

            O SR. MÁRIO COUTO (Bloco Minoria/PSDB - PA. Pela Liderança. Sem revisão do orador.) - Srª Presidenta, Srs. Senadores e Srªs Senadoras, eu tive a oportunidade de visitar o interior do meu Estado. Fui à cidade de Redenção, fui à cidade de Rio Maria, fui à cidade de Pau d'Arco, Floresta, e vim de lá preocupado, Presidente, preocupado com o que vi. Recebi um carinho extraordinário da população, prefeitos, vereadores, enfim, não posso citar todos porque o meu tempo é muito curto na tarde hoje.

            Mas quero mostrar ao Brasil, quero mostrar aos brasileiros e aos paraenses o que a gente vê de perto - quando a gente fala aqui, desta tribuna, que o País está abandonado, que a Presidenta Dilma, além de não ter a responsabilidade devida de uma governante, não tem a capacidade devida para governar o País.

            Como é que pode se jogar tanto dinheiro fora? Ir ao interior do Estado do Pará, numa cidade tão importante como Redenção, que cresce, e Marabá, talvez a terceira ou segunda cidade que mais cresce no Brasil, e nós encontrarmos uma estrada assim que une as duas cidades!

            Mostra ao Brasil, TV Senado, a 155, a BR-155, de responsabilidade da Drª Dilma. Olha como se encontra a estrada que liga duas cidades importantes do meu Estado querido, Marabá a Redenção! Olha o tráfego como é intenso, na produção e escoamento de ferro e de grãos!

            Será que esta Presidenta precisa gastar tanto dinheiro com estádios de futebol milionários, com superfaturamentos em estádios de futebol?

            Olha, esta terceira foto é arrasadora! Não tem um metro de asfalto! Não tem um metro de asfalto! Olha a irresponsabilidade! Isto aqui é uma lagoa de lama para criar sapos. Dilma, pegue um casal de sapo e leve para lá, Dilma, para tu criar!

            Meu caro Senador Mozarildo, isso é uma indecência, uma excrescência, uma hipocrisia! Por que mentem tanto para esta Nação? V. Exª viu o Fantástico, domingo? V. Exª viu as condições dos hospitais brasileiros? Mostre, TV Senado! Mostre àqueles Senadores e Senadoras que sobem aqui para defender o Governo Federal. Mostre para o Brasil como é que eles podem ter coragem de subir a esta tribuna para defender um Governo irresponsável.

(Soa a campainha.)

            O SR. MÁRIO COUTO (Bloco Minoria/PSDB - PA) - Srª Presidenta, sei que meu tempo é curto, mas não posso deixar de dizer: brasileiro, sabe quanto superfaturaram no Mané Garrincha aqui em Brasília, colocaram a mais? O Mané Garrincha começou com R$765 milhões e está em R$1,6 bilhão. Isso é uma roubalheira! Isso é roubo à luz do dia! Pior: de todos os países do mundo… Atenção para isto aqui! Vou descer desta tribuna, Presidenta, chamando a atenção para esse dado importante. Esse dado não pode sair mais da cabeça dos brasileiros que trafegam nas estradas federais do Pará, e essa Dilma não toma a menor satisfação, mente para o povo brasileiro e fica de conchavo com o Presidente da FIFA.

            Olha este dado, Brasil, para descer desta tribuna, na tarde de hoje! Vou dar esse dado a todos os brasileiros, para que os brasileiros nunca mais se esqueçam dessa Presidenta irresponsável, incompetente, massacrando o povo brasileiro. Toda semana, Senador Mozarildo, nós estamos com as galerias lotadas de classes sociais reivindicando…

(Interrupção do som.)

            O SR. MÁRIO COUTO (Bloco Minoria/PSDB - PA) - … os seus direitos que a Presidente da República não tem coragem de dar. (Fora do microfone.) Mas jogar dinheiro fora, fazem uma tropa de elite aqui no Senado para defender a Petrobras, os corruptos, os safados, os ladrões, os sem-vergonha que acabaram com a maior empresa brasileira, a Petrobras…

            Armam tudo para esconder tudo! Armam tudo para esconder tudo nesta Pátria! E os brasileiros sofrem: sofrem nos hospitais, sofrem nas estradas, sofrem nas escolas com os seus filhos.

            Vou descer, Presidenta.

(Soa a campainha.)

            O SR. MÁRIO COUTO (Bloco Minoria/PSDB - PA) - Vou dar um dado para vocês: Alemanha, França, países que sediaram as últimas Copas, todos eles… Olha o dado! Olha como é boazinha a Dilma para todo mundo estrangeiro. Ela dá para Cuba, para a Venezuela. Ela dá dinheiro para o Uruguai. Agora, construir… São bilhões, gente. São bilhões! Olhe a estrada como está no Pará, gente! Olhe os hospitais como estão! Por que essa Presidenta não coloca isso aqui dentro do Brasil, gente? Bilhões e bilhões, ela está dando para Cuba!

            O único país que não cobrou imposto… Sabe quanto a Fifa vai faturar no Brasil?

(Interrupção do som.)

            O SR. MÁRIO COUTO (Bloco Minoria/PSDB - PA) - Já vou, Presidenta. Permita-me só para eu terminar e ir embora. (Fora do microfone.)

            Só para terminar.

            Sabe quanto a Fifa, brasileiros, vai ganhar neste mundial aqui no Brasil? Trinta e cinco bilhões de reais. Sabe quanto o Brasil cobrou de imposto da Fifa? O único país de todas as Copas que não cobrou um tostão da Fifa foi o Brasil, da Presidenta Dilma.

(Manifestação da galeria.)


Este texto não substitui o publicado no DSF de 28/05/2014 - Página 591