Autor
Alvaro Dias (PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira/PR)
Data
13/12/1999
Casa
Senado Federal 
Tipo
Pronunciamento 

O SR. ÁLVARO DIAS (PSDB - PR. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, pretendo justificar a apresentação de um requerimento solicitando a convocação de uma sessão especial. Esta Casa, o Senado Federal, tem realizado sessões dessa natureza com o objetivo de homenagear personalidades, cultivando valores nacionais, destacando o talento de brasileiros, proclamando exemplos, enfim, salientando feitos que merecem o destaque nacional.  

Com o apoio de vários Srs. Senadores, estou requerendo uma sessão especial para destacarmos o papel relevante que o cidadão Édson Arantes do Nascimento, Pelé, tem cumprido em favor do nosso País internacionalmente. Ainda agora, mais uma vez, ele mereceu o destaque internacional: além de receber o título de Atleta do Século, Pelé acaba de conquistar mais um reconhecimento mundial pelo seu talento jamais igualado no mundo esportivo. Desta feita, por iniciativa da agência de notícias britânica Reuters, em Viena, seu nome foi escolhido entre os de 91 atletas de sete categorias do esporte, selecionados por 54 editores e jornalistas de 35 países. Na lista apresentada pelos promotores, figuravam nomes como o do pugilista Mohamed Ali, do velocista Carl Lewis e jogador e astro de basquete Michael Jordan.  

Sr. Presidente, o que pretendo ressaltar é a importância de Édson Arantes do Nascimento para o nosso País. Em nenhuma outra atividade o nosso País mereceu o destaque internacional, não apenas neste século, mas em toda a história do nosso País, como o que Pelé promoveu de maneira tão significativa. Nas artes, nas ciências, na cultura, na economia, na política, em nenhum setor alcançamos o destaque internacional como o que alcançamos nos esportes graças a Pelé.  

E o que tem significado a promoção do nosso País? Como avaliarmos os resultados, os benefícios desta promoção que faz Pelé em todos os cantos do mundo?  

Desejo até citar um fato singelo, que bem demonstra a popularidade desse brasileiro no mundo todo. A Rede CNN, em seu noticiário, deixa de colocar os caracteres identificando a personalidade noticiada em apenas três casos: quando se trata do Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, quando se trata do Papa e quando se trata de Pelé, por ser uma figura conhecida mundialmente; dispensada, portanto, a identificação na TV.  

O Sr. Pedro Simon (PMDB-RS) - Se. V. Exª me permite, e o Sr. Bill Clinton só enquanto for Presidente.  

O SR. ÁLVARO DIAS (PSDB-PR) - Exatamente. O Senador Pedro Simon lembra bem: Bill Clinton, só enquanto Presidente, porque, depois, a história será diferente.  

Não se trata apenas da promoção do futebol brasileiro, por ser ele o expoente maior desse esporte em todos os tempos; trata-se da promoção do nosso País como Nação. Se fosse apenas o futebol, já seria significativo, porque esse esporte movimenta no mundo, por ano, mais de US$200 bilhões. É uma atividade essencialmente econômica, que gera empregos, renda, receita pública e que, certamente, contudo, não tem merecido das autoridades de governo no Brasil o destaque devido. Aliás, o grande articulista político, Villas Boas Corrêa, em uma de suas brilhantes peças, escreveu que "o esporte foi expulso do governo no Brasil", exatamente porque as autoridades governamentais não oferecem ao esporte o destaque que merece.  

O Presidente Fernando Henrique Cardoso até que teve um momento de lucidez quando chamou para Ministro Extraordinário dos Esportes o Sr. Édson Arantes do Nascimento, o Pelé. Embora, lamentavelmente, tenha estado por pouco tempo no exercício da função pública, Pelé também ali foi exemplar, porque combateu a improbidade administrativa ao demitir do Indesp funcionários que haviam praticado irregularidades. Ainda mais, por intermédio da Lei Pelé, procurou moralizar a atividade esportiva no nosso País, com o que ofereceu uma grande contribuição.  

Todavia, Sr. Presidente, o interesse não diz respeito apenas – repito –à promoção do futebol do nosso País no exterior, mas também à promoção do Brasil como Nação. É bom ressaltar a relevância do esporte, especialmente do futebol, uma paixão popular no Brasil, com sua importância econômica, social e cultural.  

Por isso, Sr. Presidente, solicitamos essa sessão especial – com data a ser marcada por V. Exª no próximo ano – para, homenageando Pelé, cultivarmos valores imprescindíveis ao crescimento da Nação, salientando o exemplo positivo e realçando o talento brasileiro, sobretudo porque, neste século, Pelé foi o único cidadão brasileiro a merecer destaque internacional nessas proporções.  

Muito obrigado, Sr. Presidente.  

 

entçô

<