Autor
Renildo Santana (PFL - Partido da Frente Liberal/SE)
Data
19/03/2003
Casa
Senado Federal 
Tipo
Pronunciamento 

O SR. RENILDO SANTANA (PFL - SE) - Sr. Presidente, Srªs. e Srs. Senadores, ocupo essa tribuna, para falar de um assunto da mais alta relevância: a educação brasileira. Alguns dados, recentemente anunciados e fartamente veiculados pela grande imprensa, deixaram-me deverás impressionado. Segundo a Publicação Geográfica Brasileira de 2001, produzido pela Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP, do Ministério da Educação, de cada 100 alunos que ingressaram na 1ª série do Ensino Fundamental, apenas 59 conseguiram terminar a 8ª série. Desses, apenas 40 concluíram o Ensino Médio e, para tanto, precisaram em média de 13,9 anos, ao invés dos 11 anos regulares.

Na região Nordeste a situação é especialmente grave. Mais de 52% dos alunos da 5ª série do Ensino Fundamental e 57% dos que freqüentam a 1ª série do Ensino Médio estão com a idade acima do apropriado para a série em que estão matriculados, o que, certamente, traz conseqüências indesejáveis, não apenas para a integração entre seus pares, mas também para a própria auto-estima do estudante.

Felizmente nem tudo foram más notícias nestas últimas semanas, Sr. Presidente. É com grande satisfação que faço questão de registrar algumas atitudes acertadas que o Governador João Alves tem tomado no Sergipe. Na noite da última segunda-feira, 10 de março, na inauguração do SEED Vestibulares, curso pré-vestibular que atende a mais de dois mil e quinhentos alunos da rede pública de ensino, o Governador anunciou que os cinqüenta primeiros alunos da rede estadual classificados no vestibular de 2004 receberão uma bolsa de estudo integral para qualquer universidade privada do Estado. Na mesma ocasião, João Alves comunicou que todo o material didático a ser usado pelos alunos do SEED será distribuído de forma completamente gratuita.

Para dar continuidade ao processo de busca da qualidade de Ensino, o Governo de Sergipe planeja que, ainda neste primeiro semestre, entre em funcionamento no Colégio Atheneu Sergipense, um projeto piloto do Centro de Excelência de Ensino em Sergipe. Essa iniciativa, que começará assistindo a quatro mil alunos, consiste em dar atendimento integral ao educando que, pela manhã, freqüentará a série regular, após o almoço participará de oficinas profissionalizantes de língua e informática e, após o jantar, assistirá às aulas do SEED.

Com essas alvissareiras informações finais, concluo este pronunciamento, parabenizando o Governador João Alves Filho e toda a sua equipe, desejando que suas ações sirvam de inspiração para todos aqueles que definem o futuro da educação do país.

Era o que eu tinha a dizer.

Muito obrigado.

<