Autor
José Jorge (PFL - Partido da Frente Liberal/PE)
Data
23/11/2006
Casa
Senado Federal 
Tipo
Para discursar 

O SR. JOSÉ JORGE (PFL - PE. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, em primeiro lugar, pedi a palavra pela ordem para dizer que o Senador Motta tem razão quando diz que temos muitas dificuldades ambientais que não deveríamos ter, e o Senador Sibá também tem razão de dizer que há uma legislação a ser cumprida. Quero dizer que isso é uma questão de bom senso. Temos de fazer cumprir a legislação, mas temos também de fazer com que o País realize aqueles investimentos necessários.

Essa questão das ONGs está deixando muita gente nervosa aqui.

Acho até que o Senador Sibá, que normalmente é muito tranqüilo e simpático, está mais nervoso do que o normal - não sei por que -, inclusive antes da questão do Deputado Juvenil. Mas acho que ele tem razão neste ponto: temos de cumprir a legislação. Porém, ela tem de ser cumprida com bom senso. E é necessário que sejam entidades governamentais a representarem o interesse brasileiro, e não ONGs que decidam aquilo que deve ser feito no Brasil.

Em relação à questão levantada pelo Senador Heráclito, creio que o Senador Sibá tem razão, mas no PT não existe essa história de punir aqueles que erram. Até agora - vimos, agora, inclusive nessa questão do dossiê - que ninguém foi punido, ninguém é punido; pelo contrário, o PT tem dado suporte para que as pessoas sejam efetivamente absolvidas, para que tudo seja admitido. Então, se o Senador Sibá Machado, como membro do Diretório Nacional e como Líder em exercício agora, diz que o Deputado Juvenil vai ser punido, temos de parabenizá-lo, porque é uma atitude nova punir aqueles que efetivamente merecem ser punidos. Um Deputado Federal eleito pelo PT foi preso pela Polícia Federal por cometer irregularidades - isso é muito grave -, e acreditamos no Senador Sibá quando diz que esse Deputado deverá ser punido. Mas, infelizmente, não é isso que o PT tem feito até agora.