Autor
Patrícia Saboya (PSB - Partido Socialista Brasileiro/CE)
Data
14/06/2007
Casa
Senado Federal 
Tipo
Pronunciamento 

     A SRA. PATRÍCIA SABOYA (Bloco/PSB - CE. Pela ordem. Sem revisão da oradora.) - Sr. Presidente, aproveito este momento em que esperamos a chegada dos outros Senadores e Senadoras para cumprir o que disse ontem, quando fiz um pronunciamento para falar mais uma vez da necessidade e da urgência da siderúrgica do meu Estado, o Estado do Ceará. Disse ontem, desta tribuna, que não iria mais cobrar essa siderúrgica do Sr. José Sérgio Gabrielli, que é presidente da Petrobras e que já demonstrou ser completamente contrário à ida da siderúrgica para o meu Estado. Disse que, a partir de ontem, se possível, iria todos os dias à tribuna do Senado, utilizaria os microfones desta Casa para cobrar do Presidente Lula a siderúrgica do Estado do Ceará.

     Farei isso se assim for preciso, Sr. Presidente, mesmo sendo da base aliada do Presidente Lula, mesmo confiando na palavra do Presidente Lula de que essa siderúrgica é do Ceará e vai para o Ceará. Eu não posso deixar de cobrar, como representante do meu Estado, todos os dias, se for preciso, que a siderúrgica vá para o Ceará. O povo cearense é um povo trabalhador, um povo lutador, é um povo que não desiste diante do sofrimento, é um povo que tem muita paciência, mas a nossa paciência também tem limite.

     Muito obrigada, Sr. Presidente.

<