Cruz Machado (Fora de Exercício)

Cruz Machado

Dados Pessoais

Nome civil:
Antônio Cândido da Cruz Machado
Data de Nascimento:
11/03/1820
Data de Falecimento:
12/02/1905
Naturalidade:
Serro (MG)

Histórico Acadêmico


Curso Grau Estabelecimento Local
Direito Superior

Profissões

  • Advogado  
  • Magistrado  
  • Servidor Público  

Mandatos

Mandato Início Fim
Deputado Geral - MG 1850 1853
Presidente de Província - GO 1854 1855
Presidente de Província - MA 1855 1857
Deputado Geral - MG 1857 1863
Deputado Geral - MG 1869 1874
Presidente de Província - BA 1873 1874
Senador - MG 1874 1875
Senador - MG 1877 1878
Senador - MG 1878 1881
Senador - MG 1882 1884
Senador - MG 1885 1885
Senador - MG 1886 1889

Homenagens

- Oficial da Ordem da Rosa.
- Comenda da Ordem do Cruzeiro.

Trabalhos publicados

- Carta da Província do Araguaya, segundo o projeto de nova divisão do Império. Desenhada por José Ribeiro da Fonseca Silvares.[S.l.]: Lith. do Arch. Militar, 1875.
- Construção de estradas de ferro na Província do Rio Grande do Sul: discurso. [S.l.: s.n.], 1873.
- Discurso proferido na Câmara dos Deputados, na Sessão de 10 de maio de 1873, pelo comendador Antônio Cândido da Cruz Machado, deputado da província de Minas, sobre a criação da Província do Rio de S. Francisco. Rio de Janeiro: Tip. de J. Villeneuve & Cia., 1873.
30 p.
- Discurso proferido na Câmara dos Deputados na sessão de 18 de julho de 1873, pelo comendador Antônio Cândido da Cruz Machado, deputado pela província de Minas, sobre a construção de estradas de ferro na província do Rio Grande do Sul. Rio de Janeiro: Typ. Imp. Const. de J. Villeneuve, 1873. 48 p.
- Discurso do senador Antônio Cândido da Cruz Machado, proferido na Câmara dos Deputados, na sessão de 11 de julho de 1874, em resposta às acusações feitas a Sua Excelência e ao povo bahiano. Bahia, Typ. Perseverança, 1874. 44 p.
- Memória relativa ao projeto de uma nova divisão administrativa do Império do Brasil: 1873. Rio de Janeiro: Typ. Nacional, 1873.
- Diversos relatórios, apresentados por ocasião de sua administração das Províncias de Góias, Maranhão e Bahia.

Fonte: Secretaria-Geral da Mesa, Coordenação de Arquivo e Coordenação de Biblioteca.